quinta-feira, julho 06, 2006

O Pestana continua o melhor!

  Posted by Picasa

4 comentários:

Gian- Vhd*P disse...

salveee ai ó primero qeria parabenizar voce irmão porqe seu blog é um negócio consciente, cultura sendo aberta aos interessados, sejam brancos ou negros!!! informaçoes em boas maos mano.
ó eu to fazendo o meu blog " vhdpaz.blogspot.com "
ainda num comecei mas qando se puder, passa lá! valeu

gabriel disse...

Piada mal caráter. Muito pelo contrário, a mentalidade de cotas é que conduz a escravidão. Nenhum paternalismo conduz à liberdade do indivíduo. No lugar de entrar pela janela, a luta deveria ser pela real meritocracia, de estar nos lugares por isonomia de direitos e não por favor de lei eleitoreira. Pense com liberdade!

Fábio Idalino disse...

Quando li nos jornais,os nossos "intelectuais" entregando o manifesto contra as cotas e o estatuto da igualdade racial pensei:meu Deus,o país está seriamente ameaçado com essas leis e a paz harmoniosa existente entre os povos acabará.
Como diz o ditado:quem gosta de miséria para viver e vender livros e intelectual.Este país na verdade vive uma divisão racial há muito tempo e hoje,como resolvemos falar abertamente sobre esse assunto surge pessoas que dizem ser liberais,mas na práticas tem mentes conservadoras ao ponto de vir com mentiras usando até mesmo discurso de Martin Luther King,para da vasão as suas falácias.O Brasil sempre viveu no imaginário da democracia racial,porém na hora de repatir os privilégios,aparece os defensores da igualdade.Igualdade desde do momento que cada um (negros e índios e pobres)se ponha em seus lugares e não invada o nosso meio.Este é o país da "democracia racial".

adriano carão disse...

disconfio bastante dessa política di cota. sei qi é algo paliativo, maz tenho medo di enquanto tenta risuveh um pobrema imediato, acabe mermo atrapaiano a coisa toda di um modo geral. por exemplo, sempre qi se critica as cota, se é taxado di racista. será possive qi a luta contra o racismo se deve dah na base do eterno consenso? o munvimento nêgo não é passive di auto-crítica? acho qi a luta contra o racismo deve tah sempre acompanhada da luta contra o capitalismo e contra o dominho das potência mundial - qi são essencialmente branca, e foi no seio delas qi surgiu o racismo. penso mermo qi algo qi se dá no nível pissicológico não pode seh risuvido com ua lei, maz sim com ua nova educação. maz enquanto a educação di nossas criança foh o qi elas vêhi na tevê, qi é super-racista, a mudança é difice... procuro combateh o racismo e otras coisa mais na minha poesia. qem qiseh conferih, visite meu blog: http://grouchocarao.blogspot.com. brigado e discupa a escrita em brasilêis. axé.